Secretário-geral da ONU condena ataque aéreo do Sudão contra o Sudão do Sul

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, pediu nesta segunda-feira que os líderes do Sudão e do Sudão do Sul ponham fim aos confrontos e retomem o diálogo imediatamente.

Ban condenou o bombardeio de um mercado na cidade de Bentiu, no Sudão do Sul, feito por aviões do Sudão.

No entanto, o embaixador do Sudão na ONU, Daffa-Al Elhag Ali Osman, acusou o Sudão do Sul de ser o agressor e disse à BBC que seu país tem o direito de se defender.

N domingo, o Sudão do Sul anunciou que estava retirando suas tropas da cidade de Heglig, ocupada duas semanas atrás.