Chefe de missão de monitores da ONU chega à Síria

O chefe da missão de monitores das Nações Unidas que tem como objetivo acompanhar a implementação de um plano de paz na Síria chegou neste domingo ao país.

O general Robert Mood, da Noruega, junta-se a outros 15 monitores que já se encontram em território sírio.

Embora o cessar-fogo entre o governo do líder Bashar al-Assad e os rebeldes mediado pela ONU e a Liga Árabe já esteja na terceira semana, os confrontos, incluindo mortes, não foram interrompidos.

Ativistas dizem que atiradores de elite mataram ao menos duas pessoas neste domingo na cidade de Homs, durante uma visita dos diplomatas da ONU à região.

Ainda no sábado os rebeldes fizeram seu primeiro ataque por mar ao regime, a bordo de botes, e um navio vindo da Líbia com um carregamento de armas destinadas aos opositores foi interceptado pela Marinha do Líbano.

O Conselho de Segurança da ONU aprovou nos últimos dias o envio de 300 monitores ao país.

A ONU estima que 9 mil pessoas morreram desde que os protestos contra Assad começaram em março de 2011.