Explosão mata cinco na Síria, dizem ativistas

Uma explosão nos arredores da segunda maior cidade síria, Aleppo, matou ao menos cinco pessoas, segundo ativistas.

O Observatório Sírio de Direitos Humanos, da oposição, diz que a explosão aconteceu em um carro e tinha um ônibus como alvo, no distrito de Tall al-Zarazeer.

Na última semana, operações das forças de segurança durante manifestações de estudantes na Universidade de Aleppo deixaram quatro mortos.

Até recentemente, a cidade não era um foco de protestos e violência, como outras cidades sírias.

Na capital Damasco, também houve uma explosão, mas não há relatos de feridos.