Ex-premiê da Ucrânia deve encerrar greve de fome na quarta-feira

A ex-premiê e líder opositora ucraniana Yulia Tymoshenko deve terminar sua greve de fome de 19 dias, segundo sua filha.

Yevgenia Tymoshenko afirmou que nesta quarta-feira sua mãe será internada em um hospital logo após terminar o protesto. Ela será tratada por médicos alemães.

Tymoshenko protesta contra uma suposta agressão física praticada por agentes penitenciários que a levavam em outra ocasião para tratamento médico.

Ela cumpre pena de prisão após ter sido condenada por abuso de poder.