Ucrânia cancela cúpula após boicote a Tymoshenko

A Ucrânia decidiu cancelar nesta terça-feira uma cúpula que seria realizada na cidade litorânea de Yalta na próxima semana, por causa do boicote dos participantes pela prisão da ex-líder Yulia Tymoshenko.

O Ministério das Relações Exteriores ucraniano informou que marcará uma nova data para a realização da cúpula da Europa Central e do Leste.

Os presidentes da Alemanha, Itália e de outros países anunciaram que não participariam da reunião em protesto ao tratamento recebido na prisão pela ex-primeira-ministra do país e líder da oposição Yulia Tymoshenko.

Tymoshenko permanece em greve de fome, alegando que está sendo vítima de agressões na cadeia.