Bomba explode perto de comboio de monitores da ONU

Uma bomba explodiu nesta quarta-feira perto do comboio dos monitores da ONU, quando o grupo visitava a cidade de Deraa, no sul da Síria.

Pelo menos, seis militares sírios ficaram feridos. O chefe da missão de observadores da ONU, major Robert Mood, da Noruega, estava na comitiva, mas saiu ileso.

Um correspondente da BBC que esteve na cidade síria de Homs afirmou que há tiroteios constantes na região, apesar do cessar-fogo entre o governo e as forças de oposição.

Segundo o jornalista, os monitores da ONU patrulham neste momento a cidade, mas bairros inteiros estão desertos.