Estado de Maryland permite divórcio de casal homossexual

A corte suprema de Maryland, nos Estados Unidos, aprovou nesta sexta-feira o divórcio de casais homossexuais, apesar de o casamento gay ainda não ser oficialmente permitido no Estado.

O tribunal de apelações aprovou por unanimidade a permissão para o divórcio de duas mulheres que se casaram na Califórnia e tiveram a separação legal negada em 2010.

O casamento entre pessoas do mesmo sexo foi legalizado em Maryland no último mês de março, mas a lei só deve entrar em vigor em janeiro de 2013.

No entanto, a oposição espera que os eleitores votem pela anulação da medida em um referendo que deverá acontecer em novembro, caso 56 mil assinaturas sejam conseguidas a favor da votação.

Jessica Port, de 29 anos, e Virginia Cowan, de 32 anos, se casaram na Califórnia em 2008, pouco antes de que o casamento gay fosse proibido no Estado por uma emenda constitucional conhecida como Proposition 8.

Quase dois anos depois, o casal entrou com o processo de divórcio em Maryland, onde vivia, mas o pedido foi rejeitado por um juiz.

Seis Estados americanos e a capital já legalizaram o casamento entre pessoas do mesmo sexo.