Repsol cancela exportação de gás para a Argentina

A empresa espanhola Repsol cancelou um contrato de fornecimento de gás natural para a Argentina.

A ação ocorre semanas depois que o governo argentino estatizou a YPF, subsidiária da Repsol no país.

A empresa justificou a ação, em entrevista à agência de notícias France Presse, afirmando que a agência energética da Argentina "cometeu uma série de violações".

O governo de Cristina Kirchner afirmou que já esperava o cancelamento e conseguiu novos fornecedores. A Argentina importa até 30% do gás consumido no país.