Temor pela Grécia volta a derrubar bolsas europeias

Os mercados financeiros da Europa fecharam em queda nesta quarta-feira em meio aos temores pela economia da Grécia.

Na Itália e Espanha, as bolsas fecharam com quedas de 3,7% e 3,3%, respectivamente.

Londres, Paris e Frankfurt fecharam em queda acima de 2%.

O euro registrou sua maior queda em 22 meses frente ao dólar. A moeda atingiu um valor abaixo de US$ 1,26 pela primeira vez desde agosto de 2010, chegando a US$ 1,2571.

As bolsas europeias caíram depois que um relatório, citando o primeiro-ministro grego, Lucas Papademos, afirmou que o governo grego pode estar fazendo os preparativos para abandonar o euro.

Em São Paulo, o índice Bovespa também registrava uma queda de 2,84% na tarde desta quarta-feira. Em Nova York, o Dow Jones estava em queda e 1,3%.