Militar golpista é indicado à Presidência do Mali

O presidente interino do Mali, Diocounda Traore, de 70 anos, foi levado emergencialmente à França para receber tratamento médico. Ele foi espancado por manifestantes que invadiram o palácio presidencial na segunda-feira.

O capitão Amadou Sanogo foi apontado como presidente de transição por seus apoiadores. Ele foi o líder do golpe que derrubou o então presidente Amadou Toumani Toure em março.

Traore foi atacado após fazer um acordo com a Cedeao (Comunidade Econômica dos países da África Ocidental) para estender seu mandato de 40 dias para um ano.