Ban Ki-moon pede que líderes mundiais apoiem Rio+20

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, fez um apelo para que os líderes dos países mais ricos do mundo compareçam à conferência Rio+20, que ocorre entre 13 e 22 de junho no Brasil.

O evento visa elaborar um plano de ação para construir um mundo mais limpo e sustentável, compatível com o aumento populacional.

Porém, ainda há muito desentendimento em relação a como balancear crescimento e sustentabilidade.

Ki-moon pediu que os líderes superem os interesses nacionais e aproveitem "a oportunidade de uma geração".

O presidente francês François Hollande já confirmou presença. Barack Obama, dos Estados Unidos, ainda não se comprometeu.