Paradeiro de peregrinos xiitas libaneses sequestrados na Síria é incerto

Um assessor presidencial da Turquia disse neste sábado que não tem informações conclusivas sobre a entrada em seu país de um grupo de peregrinos xiitas libaneses sequestrados na Síria no início desta semana.

Há relatos de que o grupo havia sido libertado na sexta-feira e estaria na Turquia, esperando para ser enviado de volta ao Líbano.

No entanto, o representante da Turquia disse a uma estação de rádio libanesa que não pode confirmar a informação.

Autoridades libanesas disseram que a libertação do grupo foi atrasada por questões logísticas.

O grupo de oposição Exército Sírio Livre, acusado pelo sequestro, negou qualquer envolvimento.