Banco Central da Grécia alerta para efeitos de eventual saída do país da Zona do Euro

O Banco Central da Grécia alertou nesta terça-feira para os efeitos devastadores de uma eventual saída do país da Zona do Euro, como redução de salários e aumento do desemprego.

Segundo a autoridade monetária grega, os salários cairiam pela metade, enquanto que a moeda perderia dois terços de seu valor.

As informações constam de um relatório sobre os estragos causados por um possível abandono do bloco, segundo o qual, a inflação também explodiria para 30% ao ano, sem possibilidade de controlá-la.

De acordo com a previsão, o desemprego, já alto, aumentaria ainda mais e a Grécia se veria obrigada a decretar a moratória de sua dívida externa.

Mas, segundo o correspondente de economia da BBC, muitos analistas acreditam que o saldo de uma eventual saída da Grécia da Zona do Euro seria positivo, já que lhe permitiria desvalorizar sua moeda, tornando as exportações e o turismo mais atrativos.