Grupo rebelde na Síria abandona cessar-fogo

Um porta-voz do Exército Sírio Livre disse nesta segunda-feira que o grupo rebelde não está mais comprometido com o cessar-fogo na Síria.

Sami al-Kurdi disse à agência de notícias Reuters que o grupo começou a atacar soldados para "defender o povo".

Pelo menos 80 soldados sírios foram mortos por rebeldes no fim de semana, segundo o grupo Observatório Sírio de Direitos Humanos, baseado na Grã-Bretanha