Vândalos picham monumento ao Holocausto em Israel

Um dos mais importantes monumentos em tributo aos judeus exterminados durante o Holocausto foi depredado por vândalos em Jerusalém.

O memorial de Yad Vashem, construído em 1953, amanheceu nesta segunda-feira com inscrições contrárias à criação do Estado de Israel.

Um dos escândalos nas paredes do memorial diz "Se Hitler não existisse, os sionistas o teriam inventado".

Outra inscrição diz "Obrigado a Hitler pelo Holocausto maravilhoso que você organizou para nós. Só graças a você ganhamos um Estado da ONU".

A suspeita é de os autores do protesto sejam judeus ultra-ortodoxos, para quem um Estado israelense só poderia ter sido criado após a chegada do messias.