Monitores da ONU dizem sentir cheiro de cadáver em cidade síria

Monitores da ONU na Síria dizem ter encontrado um forte cheiro de cadáveres ao entrarem em Al-Haffa nesta quinta-feira.

Governo e oposição há dias se acusavam mutuamente de planejarem um massacre na cidade montanhosa.

Após dias de duros combates no local, os monitores disseram que a cidade parece deserta, com a maioria dos prédios do governo incendiados, casas e lojas saqueadas.

Os monitores disseram que o número de vítimas não está claro. Forças do governo dizem ter retomado a cidade na quarta-feira e a oposição disse que seus homens saíram do local para impedir mais mortes.