Ministro do Interior do Paraguai é demitido

O presidente do Paraguai, Fernando Lugo, demitiu o ministro do Interior, Carlos Filizzola, após o confronto entre sem-terra e policiais que deixou 18 mortos nesta sexta-feira.

Filizzola, até então um dos ministros mais fortes de Lugo, caiu após forte pressão do Congresso. Também foi demitido o comandante da polícia Paulino Rojas.

O confronto ocorreu quando policiais faziam a reintegração de posse de uma fazenda em Canindeyú, próximo à fronteira brasileira. A polícia afirmou que foi emboscada por homens armados.

Lugo enviou tropas do Exército para a região.