Alemanha pode flexibilizar regras do pacote de resgate grego

O governo da Alemanha deu sinais nesta segunda-feira que pode vir a afrouxar algumas das condições do plano de resgate da Grécia.

O ministro de Relações Exteriores alemão, Guido Westerwelle, sugeriu a revisão do cronograma do pacote de auxílio financeiro, mas um porta-voz do governo do país afirmou que não haveria espaço para o que ele chamou de "descontos no plano de resgate".

Em meio à indefinição do futuro grego, o presidente da Comissão Europeia, José Manuel Barroso, disse acreditar ser crucial que a Grécia consiga formar um governo "coeso e estável", além de implementar reformas que permitam ao país recobrar o crescimento econômico.