Desemprego cai em maio para 5,8%, menor taxa para o mês desde 2002, diz IBGE

O desemprego caiu de 6% em abril para 5,8% em maio, a menor taxa para o mês desde o início da série histórica da nova pesquisa de emprego do IBGE em 2002.

As informações constam da Pesquisa Mensal do Emprego, divulgada nesta quinta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O número de pessoas ocupadas também cresceu (+1,2%) de abril para maio deste ano. Na comparação com o mesmo período de 2011, a taxa registrou alta de 2,5%.

Por outro lado, a população desocupada permaneceu estável em relação a abril e caiu 7,1% na comparação anual.

Já o rendimento registrou queda de 0,1% de abril para maio, a R$ 1.725,60. Sobre o mesmo mês de 2011, a renda, porém, cresceu 4,9%.