Defesa diz que atirador norueguês é mentalmente são

A defesa do atirador norueguês Anders Behring Breivik defendeu que ele é mentalmente são, agiu por motivações políticas e pediu sua absolvição.

O julgamento em Oslo chegou ao fim nesta sexta-feira e a sentença deve ser divulgada em meados de agosto.

A promotoria defende que ele é mentalmente incapaz de ser julgado e quer que Breivik seja enviado para uma prisão psiquiátrica.

Pouco antes de Breivik fazer suas declarações finais, familiares e sobreviventes de seus ataques deixaram o tribunal.