Petrobras anuncia reajuste de combustíveis

A Petrobras anunciou nesta sexta-feira o reajuste dos combustíveis. A partir da próxima segunda-feira, a gasolina aumentará 7,83% nas refinarias, enquanto o diesel subirá 3,94% também nas unidades de refino da estatal.

Os percentuais consideram os preços sem impostos, como PIS/Cofins, ICMS e Cide (Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico), acrescentou a companhia, em nota.

O reajuste, entretanto, não deve ser repassado ao consumidor, uma vez que as alíquotas da Cide da gasolina e do diesel serão zeradas, informou o Ministério da Fazenda.

"Os preços, com impostos, cobrados das distribuidoras e pagos pelos consumidores não terão aumento", afirmou o Ministério da Fazenda em nota divulgada poucos minutos depois do anúncio da Petrobras.

O aumento no valor dos combustíveis era um pleito antigo da Petrobras, desde o último reajuste, ocorrido no ano passado.

A presidente da estatal, Graça Foster, já havia avisado à presidente Dilma Rousseff que o congelamento de preços vinha comprometendo a geração do caixa e a capacidade de investimentos da empresa.

O governo, entretanto, temia aprovar o reajuste devido ao ônus político da medida às vésperas das eleições municipais deste ano e também pelo impacto na inflação.