Franco-atirador invade sede de emissora de TV síria e mata sete pessoas

No mais novo episódio da violência na Síria, um franco-atirador invadiu uma emissora de televisão estatal pró-governo e matou sete pessoas no sul da capital do país, Damasco.

A maioria das vítimas era jornalistas e seguranças.

Segundo informações da imprensa síria, a sede do canal de televisão governista 'Ikhbariya' também foi incendiada. Imagens do edifício em chamas foram transmitidas nos principais meios de comunicação do país.

Segundo o ministro da comunicação da Síria, Adnan Mahmoud, que visitou o local da tragédia, as vítimas foram amarradas e mortas "a sangue frio".

O ataque ocorreu horas depois do presidente sírio, Bashar al-Assad, ter afirmado que o país vive um "estado real de guerra".