Grã-Bretanha fará investigação sobre taxas de empréstimos entre bancos

O governo britânico anunciou que as taxas de empréstimos interbancários serão tema de uma investigação independente, após acusações de que grandes instituições financeiras teriam manipulado essas taxas para aumentar os custos de empréstimos feitos aos consumidores finais.

As acusações já renderam uma multa do equivalente a R$ 931 milhões ao banco britânico Barclays, acusado de ter mentido sobre o custo de empréstimos para aumentar seus lucros.

O CEO do Barclays, Bob Diamond, foi convocado a prestar contas perante o Parlamento britânico na próxima quarta-feira.