Reféns estrangeiros são libertados no Quênia por força somalis

Atualizado em  2 de julho, 2012 - 12:10 (Brasília) 15:10 GMT

Forças do governo da Somália informaram nesta segunda-feira ter resgatado quatro voluntários de uma organização humanitária internacional sequestrados em um campo de refugiados do Quênia há três dias.

Os reféns, que trabalhavam para o Conselho de Refugiados Norueguês, foram libertados depois de uma pequena troca de tiros na fronteira entre a Somália e o Quênia.

Eles haviam sido sequestrados durante um ataque ao comboio em que estavam quando atravessavam o campo de Dadaab na última sexta-feira, refúgio de cerca de 500 mil somalis.

As autoridades quenianas creditam os recentes ataques a voluntários estrangeiros na região ao grupo islamita Al Shabaab.

Os sequestradores foram presos.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.