Retração econômica na Grécia será maior do que o previsto, diz novo governo

O novo governo grego revelou nesta terça-feira que a gravidade da crise econômica no país é pior do que as previsões apontavam até então.

De acordo com os dados, considerados "alarmantes" pela nova administração, a economia do país deve sofrer retração de 6,7% neste ano, número que supera as previsões anteriores.

Um porta-voz do governo diz que as novas cifras devem ser apresentadas aos credores internacionais (Fundo Monetário Internacional, União Europeia e Banco Central Europeu) ainda nesta semana, durante uma visita a Atenas.

A intenção é demonstrar ao grupo que as medidas de austeridade exigidas em troca do pacote de ajuda estão sendo contraproducentes e impedem o crescimento.