Ataques a cristãos deixam 37 mortos na Nigéria

Autoridades militares na Nigéria informaram neste domingo que pelo menos 37 pessoas morreram em decorrência de ataques a vilarejos cristãos na cidade de Jos, na região central do país.

Mustapha Salisu, porta-voz das forças armadas, afirmou que forças de segurança combateram durante várias horas o que ele descreveu como "agressores sofisticados".

Salisu acrescentou que mais de 20 agressores foram mortos durante o confronto.

Um porta-voz da minoria cristã disse que 13 vilarejos foram atacados.

Nos últimos anos, ocorreu um aumento substancial de casos de violência étnica e confrontos armados entre cristãos e muçulmanos em Jos.