Kadima deixa coalizão de governo em Israel

O partido Kadima anunciou nesta terça-feira que saiu da coalizão de governo do primeiro-ministro Binyamin Netanyahu por causa de um desentendimento sobre a obrigatoriedade do serviço militar para judeus ultra ortodoxos.

O Kadima é o maior partido no Parlamento israelense e ingressou na coalizão em maio, evitando assim a antecipação do pleito.

Netanyahu perde assim a ampla maioria entre os legisladores. O premiê negou especulações de que, após a saída do Kadiam, convocaria eleições.

O mandato atual do Parlamento israelense acaba em outubro de 2013.