Custo da dívida espanhola preocupa

Protesto em Madri. AFP Direito de imagem AFP
Image caption Os espanhóis foram às ruas contra as medidas de austeridade do governo. (AFP)

A situação financeira da Espanha voltou a chamar atenção de governos e investidores mundo afora, com o aumento nos custos de rolagem da dívida soberana do país nesta terça-feira.

O anúncio feito pelo governo da região da Catalunha, a mais rica do país, de que precisará ter acesso a fundos do governo nacional para honrar suas dívidas aumentou ainda mais a pressão sobre o país.

Nesta terça-feira, o custo de rolagem da dívida espanhola atingiu 7,57%, além do patamar de 7%, considerado limite entre as nações integrantes da zona do euro.

A alta nos custos fez aumentar o temor de que a Espanha precise de um pacote de resgate completo de sua dívida. Para dissipar a inquietude, o governo de Madri anunciou a execução imediata de algumas medidas acordadas no mês passado com autoridades da União Europeia.

Entre as medidas está a possibilidade de acesso ao crédito por parte bancos espanhóis, cujo montante não seria contabilizado como parte da dívida nacional.