Desemprego atinge novo recorde na Espanha

Cerca de 5,7 milhões de espanhóis, o equivalente a quase um em cada quatro, estão agora à procura de trabalho, segundo dados oficiais.

A taxa de desemprego do país subiu para 24,6% no trimestre abril a junho, contra 24,4% no trimestre anterior.

Essa é a mais elevada taxa desde meados dos anos 70, quando o ditador direitista Francisco Franco morreu e o país reintroduziu democracia.