Egito registra novos episódios de violência entre muçulmanos e cristãos

O Egito voltou a ser palco de episódios de violência sectária nesta quarta-feira, após a morte de um homem muçulmano em briga com um cristão.

Muçulmanos reagiram atacando uma igreja e ateando fogo a diversas casas cristãs no vilarejo de Dahshour, próximo ao Cairo.

Pelo menos 16 pessoas, entre elas 10 policiais, ficaram feridas.

A violência contra os cristãos coptas, minoria no Egito, vem se intensificando desde a queda do presidente Hosni Mubarak, no ano passado.