Irã nega que capturados na Síria sejam militares

Atualizado em  6 de agosto, 2012 - 11:19 (Brasília) 14:19 GMT

O Irã negou veementemente nesta segunda-feira que o grupo de 48 iranianos capturados por rebeldes na Síria no final de semana inclua membros da Guarda Revolucionária, grupo militar de elite do país.

O vice-premiê do Irã, Amir Abdollahian, teria dito que todos os capturados são peregrinos em visita à locais sagrados xiitas.

Os rebeldes dizem que os iranianos estavam em missão de reconhecimento.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.