Forças de Assad retomaram áreas rebeldes em Aleppo, diz TV estatal síria

As forças do presidente Bashar al-Assad retomaram áreas que estavam sob controle dos rebeldes na cidade de Aleppo, na Síria, de acordo com a TV estatal do país.

Segundo os informes da emissora muitos oposicionistas teriam morrido durante os combates mais recentes.

Em entrevista à BBC, no entanto, um coronel que integra o Exército Livre da Síria (ELS), dos rebeldes, negou a informação.

Em outro desdobramento, a Chancelaria da Jordânia confirmou à BBC que o ex-primeiro-ministro sírio, Riad Hijab, que desertou nesta terça-feira, encontra-se no país.

Ainda na terça-feira a ONG de direitos humanos Anistia Internacional, com sede em Londres, mostrou de Aleppo após uma série de imagens de satélites revelar a presença de mais de 600 novas crateras nas cercanias da cidade.

A organização diz acreditar que essas crateras tenham sido causadas por armamento pesado usado nos confrontos entre rebeldes e forças do governo em uma cidade próxima, Anadan.

A Anistia Internacional diz que tanto o governo sírio quanto os rebeldes poderão ser responsabilizados penalmente por não proteger a população civil.