Tibetanos se imolam depois de protestos contra governo chinês

Atualizado em  14 de agosto, 2012 - 11:43 (Brasília) 14:43 GMT

Dois tibetanos atearam foto a si mesmos em um protesto contra o governo chinês.

As imolações ocorreram na província de Sichuan depois de choques entre tibetanos e forças de segurança chinesas.

O governo tibetano exilado na Índia informou que a polícia espancou manifestantes matando um homem e ferindo muitos outros.

Os protestos começaram há três anos e os casos de imolação foram aumentando até chegar a uma média de cinco pessoas ateando fogo a si mesmas por mês em 2012.

A província de Sichuan é um dos principais focos de protesto contra o domínio chinês nas regiões tibetanas.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.