Grécia pede mais tempo para implementar cortes orçamentários

Atualizado em  22 de agosto, 2012 - 05:09 (Brasília) 08:09 GMT

O governo da Grécia pediu mais tempo nesta quarta-feira para que possa implementar os cortes públicos negociados com os demais países da zona do euro em troca de ajuda financeira externa.

Na véspera de uma série de reuniões com líderes europeus, o premiê grego, Antonis Samaras, disse a um jornal alemão que a Grécia precisa de espaço para respirar, para que consiga reanimar sua economia.

O governo grego ainda não definiu onde serão feitos os cortes orçamentários de mais de 11 bilhões de euros.

Nesta quarta, Samaras terá um encontro em Atenas com o líder dos ministros das Finanças da zona do euro, Jean-Claude Juncker. Na sexta, o premiê grego segue para Berlim, onde se reunirá com a chanceler alemã, Angela Merkel.

Nesta semana, líderes europeus reconheceram que a possibilidade de a Grécia deixar a zona do euro ainda está sendo considerada.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.