Ataque da Otan mata comandante do talebã na fronteira entre Afeganistão e Paquistão

Atualizado em  25 de agosto, 2012 - 07:54 (Brasília) 10:54 GMT

Oficiais confirmaram que um ataque aéreo da Otan no leste do Afeganistão matou um comandante do talebã paquistanês e pelo menos uma dúzia de combatentes.

Mullah Dadullah, seu segundo em comando, Shakir, e doze guarda-costas morreram no ataque, que aconteceu na sexta-feira na província de Kunar, perto da fronteira com o Paquistão.

A Otan confirmou neste sábado que Mullah Dadullah, também conhecido como Jamal, era responsável pela movimentação de combatentes e armas, além de ataques contra as forças afegãs e da coalizão ocidental.

O talebã admitiu que Dadullah, que era o líder do grupo na província paquistanesa de Bajaur, foi morto ao lado de seus guarda-costas.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.