Membros restantes da banda Pussy Riot 'fogem da Rússia'

Atualizado em  26 de agosto, 2012 - 13:11 (Brasília) 16:11 GMT

A banda punk russa Pussy Riot disse em sua conta de Twitter que dois membros da banda fugiram do país depois que três de suas integrantes foram presas.

No início de agosto, três mulheres foram condenadas por vandalismo depois de tocarem uma música de protesto contra o presidente russo, Vladimir Putin, durante um show na principal catedral de Moscou.

O marido de uma das mulheres detidas disse afirmou que um casal não identificado, que também fazia parte da banda e participou dos protestos, deixou a Rússia, mas não disse para onde eles foram.

As três integrantes presas estão apelando contra a sentença. Essa semana, a polícia russa disse que está procurando os membros restantes da banda.

O caso teve repercussão na comunidade internacional. A União Europeia, a Grã-Bretanha e os Estados Unidos dizem que a medida tomada contra o grupo é exagerada.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.