Governo prorroga redução de IPI

Atualizado em  29 de agosto, 2012 - 20:03 (Brasília) 23:03 GMT

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, anunciou nesta quarta-feira a prorrogação do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) reduzido para carros, produtos de linha branca e móveis, painéis laminados e luminárias, além de material de construção e bens de capital (máquinas e equipamentos).

No entanto, a extensão do benefício fiscal para cada setor terá vigências diferentes.

Para carros, por exemplo, setor em que a renúncia fiscal é maior, o IPI reduzido foi mantido por mais dois meses, até outubro. Segundo o cronograma oficial, o desconto terminaria na próxima sexta-feira.

Já para produtos de linha branca e móveis, painéis laminados e luminárias, o benefício será prorrogado até o final do ano.

Nos casos de material de construção e bens de capital (máquinas e equipamentos), o término do desconto foi adiado de dezembro deste ano para dezembro de 2013.

Para material de construção, quatro novos produtos (piso laminado, piso de madeira sólida, piso vinílico e drywall) tiveram o imposto reduzido de 5% para zero.

As medidas terão um impacto fiscal de R$ 5,5 bilhões até 2013, informou Mantega.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.