Inflação na zona do euro surpreende e sobe 2,6% em agosto

Atualizado em  31 de agosto, 2012 - 15:59 (Brasília) 18:59 GMT

A inflação nos 17 países da zona do euro subiu 2,6% em agosto, acima do esperado pelos analistas, atingindo o maior valor desde novembro de 2011, quando a taxa registrou alta de 3%.

O resultado pode levar o Banco Central Europeu (BCE) a interromper a trajetória de queda dos juros na próxima quinta-feira.

O mercado, por sua vez, previa que a inflação no bloco de moeda única atingiria, no máximo, 2,5%.

O BCE quer manter a inflação mais próxima a 2% e espera que a taxa alcance a meta até o fim do ano.

Já, segundo o Escritório de Estatísticas da União Europeia, o Produto Interno Bruto (PIB) da zona do euro permaneceu inalterado nos primeiros três meses deste ano na comparação trimestral e recuou 0,2% de abril a junho.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.