Oposição diz que bombardeio sírio matou 25

Atualizado em  3 de setembro, 2012 - 12:42 (Brasília) 15:42 GMT

Oposicionistas na Síria disseram nesta segunda-feira que 25 pessoas, incluindo seis mulheres e duas crianças, foram mortas em um bombardeio aéreo do governo no norte do país.

O ataque teria ocorrido no norte do país, em Al-Bab, localidade próxima da cidade de Aleppo.

Na capital, Damasco, a explosão de um carro-bomba em uma área religiosamente diversa deixou vários feridos.

Reagindo a afirmação do enviado internacional para o conflito, Lakhdar Brahimi, de que sua missão seria quase impossível, o ministro da Informação sírio, Omran al-Zoabi, afirmou que seu fracasso ou não depende de países que apoiam os rebeldes, como Turquia, Catar e Arábia Saudita.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.