Pelo menos 31 morrem em onda de ataques no Iraque

Atualizado em  9 de setembro, 2012 - 07:53 (Brasília) 10:53 GMT

Pelo menos 31 pessoas foram mortas em uma onda de ataques no Iraque.

Algumas das 10 ações tiveram como alvo as forças de segurança do país.

No pior incidente, 11 soldados foram mortos em tiroteio e ataque a bomba em uma base militar ao norte de Bagdá.

Outra bomba matou sete recrutas da polícia, perto da cidade iraquiana de Kirkuk.

Insurgentes sunitas ligados à Al-Qaeda têm sido responsabilizados por grande parte da violência recente no Iraque.

A base do Exército,no bairro de Balad, ao norte de Bagdá, foi inicialmente atacada por insurgentes armados, que, em seguida, detonaram uma série de explosivos.

A bomba perto de Kirkuk alvejou jovens que estavam procurando emprego como guardas da empresa petrolífera estatal Northern Oil Company, de acordo com um porta-voz da polícia.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.