Premiê espanhol não aceitará pacote com imposições da UE

Atualizado em  11 de setembro, 2012 - 03:31 (Brasília) 06:31 GMT

O primeiro-ministro da Espanha, Mariano Rajoy, disse que não irá aceitar um pacote de ajuda econômica da União Europeia que determine cortes específicos que seu governo precisa tomar, em especial no que diz respeito a aposentadorias.

Mas, em entrevista à TVE, da Espanha, ele afirmou que seu sua adminsitração estudará cuidadosamente as condições listadas pela União Europeia e disse esperar que estas sejam regidas pelo bom senso.

O líder espanhol afirmou, no entanto, que ainda não tomou uma decisão sobre o país pedir ou não um amplo pacote de auxílio econômico.

Os comentários de Rajoy se dão dias após o Banco Central Europeu ter dito que compraria bônus de países em dificuldades econômicas desde que eles aceitassem condições de austeridade determinadas pela União Europeia.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.