Relatório culpa polícial pela maior tragédia do futebol inglês

Atualizado em  12 de setembro, 2012 - 19:13 (Brasília) 22:13 GMT

Polícia tentou culpar os trocedores do Liverpool pela mortes

A Comissão Indepentende que investigou o chamado "desastre de Hillsborough" divulgou nesta quarta-feira um relatório afirmando que a responsabilidade pela tragédia foi da polícia local e não dos torcedores.

Considerada a maior tragédia do futebol inglês, o acidente ocorreu em 15 de abril de 1989, quando 96 pessoas morreram asfixiadas ou esmagadas contra as grades do estádio de Hillsborough, na cidade britânica de Sheffield, durante uma partida entre o Liverpool FC e o Nottingham Forest.

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, oficializou o relatório da comissão e pediu desculpas aos familiares das vítimas pela "dupla injustiça". Ele disse que a polícia falhou durante o jogo e, além disso, tentou culpar os torcedores do Liverpool.

A comissão examinou mais de 400 mil páginas de documentos, muitos deles secretos, e afirmou que não há dúvidas a respeito da responsabilidade da polícia local, tanto na tragédia como na tentativa de encobrir o ocorrido e divulgar falsas acusações sobre os fãs do time inglês.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.