Jordânia aprova polêmica lei de imprensa para Internet

Atualizado em  18 de setembro, 2012 - 09:41 (Brasília) 12:41 GMT

O rei Abdullah da Jordânia sancionou nesta terça-feira uma nova lei de imprensa que tem sido duramente criticada por restringir a liberdade de expressão na internet.

A resolução - que foi aprovada pelas duas casas do Parlamento - obrigará mais de 400 sites de notícias jordanianos a obter uma licença do governo para operar.

As autoridades poderão bloquear e censurar os sites - cujos proprietários serão responsáveis pelos comentários postados nas páginas.

Os blogueiros e os ativistas de direitos humanos afirmam que a lei deve diminuir a relativa liberdade de imprensa que a Jordânia possui ante a outros países árabes.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.