Protestos por ilhas disputadas na China já afetam ações de empresas japonesas

Atualizado em  18 de setembro, 2012 - 08:30 (Brasília) 11:30 GMT

A série de protestos na China por conta das ilhas disputadas com o Japão já afetam ações de empresas japonesas.

As tensões aumentam e algumas unidades de companhias japonesas na China tiveram de ser temporariamente fechadas devido à violência.

Na Bolsa de Tóquio, as ações da Nissan Motors caíram 5%, da Honda Motors, 2,5%; e da Uniqlo 7%.

As manifestações ocorrem devido a ilhas disputadas entre os dois países.

O comércio entre os dois países movimenta valores de cerca de US$ 345 bilhões (R$ 700 bilhões).

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.