Sepúlveda Pertence renuncia à presidência da Comissão de Ética Pública do governo

Atualizado em  24 de setembro, 2012 - 12:32 (Brasília) 15:32 GMT

O presidente da Comissão de Ética Pública da Presidência da República, Sepúlveda Pertence, afirmou nesta segunda-feira que deixará o posto, mais de um ano antes do término do seu mandato.

Segundo Pertence, o motivo de sua renúncia, que será encaminhada hoje à presidente Dilma Rousseff, deveu-se à "mudança radical" na composição da comissão.

Dilma não reconduziu ao cargo de conselheiros da comissão dois nomes que haviam sido indicados por Pertence, desagradando o ex-ministro do STF, para quem o ato foi um "fato inédito na história da comissão, dos dois nomes que eu tive a honra de indicar".

A ordem da presidente ocorreu depois que os dois conselheiros pediram a exoneração do então ministro do Trabalho Carlos Lupi através de um relatório, que não foi bem recebido pelo Planalto.

Sepúlveda Pertence afirmou que irá se dedicar à advocacia.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.