Ex-mordomo vai a julgamento por roubo de cartas do papa

Atualizado em  29 de setembro, 2012 - 07:33 (Brasília) 10:33 GMT

O ex-mordomo do papa Bento 16 começou a ser julgado neste sábado no Vaticano pela acusação de roubar documentos confidenciais do escritório do pontífice.

Paolo Gabriele foi indiciado por roubo qualificado. Ele anteriormente admitiu ter vazado algumas cartas do papa a um jornalista italiano que as publicou em um livro sobre corrupção e brigas de poder na cúpula da Igreja Católica.

Gabriele deve argumentar que estava agindo para livrar a Igreja das más práticas e da corrupção.

Se for considerado culpado, ele poderá ser condenado a até quatro anos de prisão.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.