Turquia descarta guerra contra a Síria

Atualizado em  4 de outubro, 2012 - 15:57 (Brasília) 18:57 GMT

O primeiro-ministro da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, descartou nesta quinta-feira uma guerra contra Síria, mas alertou que nenhuma nação deve "testar" a determinação do país de defender seus cidadãos.

Mais cedo, o Parlamento turco já havia autorizado o uso da força contra a Síria, após um ataque ocorrido na fronteira entre os dois países que deixou cinco pessoas mortas na última quarta-feira.

A autorização tem vigência de um ano e permite ao governo empreender qualquer ação quando for necessário.

Em retaliação ao ataque da Síria, a Turquia efetuou disparos aéreos contra o vilarejo sírio de Akcale na noite da última quarta-feira.

A Síria emitiu um pedido oficial de desculpas pelo ataque.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.