Grã-Bretanha deporta aos EUA clérigo islâmico acusado de terrorismo

Atualizado em  5 de outubro, 2012 - 18:06 (Brasília) 21:06 GMT

O clérigo muçulmano radical Abu Hamza al-Masri e quatro outros suspeitos de terrorismo deixaram nesta sexta-feira a prisão britânica de Long Lartin em direção a uma pista militar, de onde serão extraditados para os EUA.

Depois de uma longa batalha legal, a Justiça britânica decidiu nesta sexta-feira que os cinco homens poderiam ser deportados para os EUA imediatamente.

Hamza cumpria uma sentença de sete anos de prisão na Grã-Bretanha por incitação ao ódio. Ele havia apelado contra a deportação, alegando problemas de saúde, mas não conseguiu evitar a decisão judicial.

Os prisioneiros deixaram a prisão em um comboio da polícia.

Nos EUA, eles deverão responder a acusações de terrorismo.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.