Homem ateia fogo ao corpo em protesto pró-Tibete na China

Atualizado em  7 de outubro, 2012 - 13:06 (Brasília) 16:06 GMT

Um homem de origem tibetana teria ateado fogo ao próprio corpo no noroeste da China neste domingo, em protesto contra a dominação chinesa do Tibete.

Relatos da província de Gansu, que tem grande população tibetana, dão conta de que o jovem de 27 anos teria se autoimolado em frente a um monastério.

Ele teria pedido liberdade religiosa e de idioma no Tibete e ainda a volta do líder espiritual tibetano, o Dalai Lama.

O líder vive em exílio na Índia.

Mais de 50 pessoas de origem tibetana já atearam fogo ao próprio corpo na China desde 2009, desde que este tipo de protestos começou.

A maioria morreu em consequência das graves queimaduras.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.