Lewandowski absolve todos os acusados por formação de quadrilha

Atualizado em  18 de outubro, 2012 - 19:42 (Brasília) 22:42 GMT
STF/ Ag Brasil

Julgamento será retomado na próxima semana.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski, revisor da Ação Penal 470, absolveu nesta quinta-feira todos os réus acusados de formação de quadrilha.

O voto de Levandowski livrou o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu e mais 12 réus neste capítulo do processo conhecido como mensalão.

Segundo a Agência Brasil, o ministro ainda mudou o voto para absolver parlamentares condenados por ele no Capítulo 6, que tratava do crime de corrupção passiva, como o deputado Valdemar Costa Neto (PR-SP).

A alteração resultou em empates em relação a dois réus que tinham placar de 6 votos a 4 pela condenação: o deputado federal Valdemar Costa Neto (PR-SP) e o ex-tesoureiro do PL (atual PR) Jacinto Lamas.

A sessão será retomada na próxima segunda-feira com os votos dos ministros Rosa Weber, Luiz Fux, Antonio Dias Toffoli, Cármen Lúcia, Gilmar Mendes, Marco Aurélio Mello, Celso de Mello e o presidente Carlos Ayres Britto.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.